n w    w w w w

baner
Voce esta aqui:   Home Educação a Distância Tecnologias Tecnologia: entender para aplicar!
large small default
Tecnologia: entender para aplicar! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dilermando Piva Jr   

Nós estamos vivendo um momento de transição. Um momento único. Temos duas gerações em desenvolvimento. A primeira formada pelas pessoas que cresceram sem um contato com a tecnologia como a conhecemos hoje, principalmente representada pelos computadores; e a outra que está crescendo rodeada pela mais alta tecnologia.
Quando tentamos ensinar as técnicas de utilização de toda essa tecnologia, principalmente os computadores, para esse primeiro grupo de pessoas, encontramos uma resistência natural, pois esses equipamentos não fizeram parte de sua formação. Eles o vêm não como máquinas, mas como monstros.

Daí, a forma mais rápida de atingir os objetivos pedagógicos para esse grupo é direcionar o ensino, empacotando-o em doses homeopáticas e direcionadas. É exatamente assim que fazem as escolas que oferecem cursos de informática, escolas e universidades que não vêm a informática como atividade fim do aluno.
Entretanto, um grande erro que a grande maioria das escolas estão cometendo é tentando aplicar essa técnica enlatada para as pessoas do segundo grupo. Eles tentam ensinar informática e não a informática inserida no contexto global. Eles tentam ensinar como funcionam os computadores e programas, e se esquecem de ensinar como o mundo funciona e como a utilização de sistemas computacionais podem ajudar o aluno a descobrir mais rapidamente o universo.
Observamos que os alunos que passam por isso ficam completamente desestimulados, sem interesse pelo professor ou matéria. Por que isso ocorre? Simples... eles já sabem como trabalhar com esses aparelhos. Ensinar informática, ou preparar as aulas de forma instrutiva é como preparar um curso que ensine a como utilizar um telefone. Você já viu algum curso desse tipo?
Pois é... temos que educá-los da mesma forma que fomos educados... temos que prepará-los para a vida. Entretanto, podemos e devemos fazer algumas incursões através do computador, mostrando a eles quão fácil e divertido se tornam alguns processos ou tarefas do nosso dia a dia.
Temos então que integrar  toda essa tecnologia, principalmente os computadores, nos currículos escolares e dentro das aulas. Só assim conseguiremos não só utilizar a tecnologia de forma efetiva, mas também prepararmos nossas crianças para enfrentar o amanhã, preparando-os para ser verdadeiros cidadãos.