n w    w w w w

baner
Voce esta aqui:   Home Category Table Liderando a Revolução
large small default
Liderando a Revolução PDF Imprimir E-mail
Escrito por Geraldo Gonçalves Jr.   
A área de Estratégia é rica em estória para ilustrar seus conceitos. Particularmente, gosto muito desta: o dirigente de uma empresa de calçados estava preocupado com a situação de sua empresa e via o início de exportações para a África como uma forte possibilidade de ampliação de seus negócios. Buscando avaliar o mercado, mandou dois de seus representantes de venda para identificar as reais condições dos países africanos. Após alguns dias o primeiro deles ligou e, muito decepcionado, disse “Chefe, isso aqui é o inferno! Ninguém usa sapatos!! Para que nós vamos vender?”. Preocupado com a situação, o dirigente esperou ansioso o segundo vendedor ligar. E, para sua surpresa. quando este o fez, não cabia em si de entusiasmo. “Chefe, isso aqui é o paraíso! Ninguém usa sapato! Poderemos vender para todo mundo.”
Fazendo um paralelo com o momento nacional, para muitos empresários e profissionais estamos em um verdadeiro inferno, cercado de ameaças por todos os lados: crise cambial, crise tributária, crise econômica, crise política, etc. Ouvindo o seu discurso, é de se admirar que ainda existam quaisquer tipos de negócios em atividade e, segundo eles, o melhor que temos a fazer é pegar nossas economias e irmos embora o quanto antes do país.
Mas e para aqueles que continuam apostando? Como ignorar os problema que, se não impedem, pelo menos dificultam o nosso sucesso e de nossas organizações? Qual é a “mágica” capaz de transformar ameaças em oportunidades?
Inovação! Esta é, e alias sempre foi, a chave para o sucesso. Mas não falo em simplesmente melhorar o que já fazemos. Segundo Einstein, os verdadeiros loucos são aqueles que acreditam que fazendo as mesmas coisas, mas de maneira melhor, teremos resultados diferentes. O segredo é romper com as amarras que nos prendem a modelos de negócios que já não atingem mais seus objetivos.
Estabeleça uma nova estratégia essencial para seus negócios, capaz de refletir suas intenções em orientações para seus colaboradores, fornecedores e clientes. Crie uma rede de valor, capaz de agregar a sua empresa, e seus produtos, uma referência de mercado que os diferencie da concorrência. Utilize os recursos estratégicos disponíveis, em todos os níveis, para firmar novos padrões de interfaces com seus clientes, garantindo a sobrevivência o permitindo retorno adequado dos investimentos realizados.
Para aqueles que não acreditam que isso é possível, é só olhar em volta que poderemos perceber que os negócios de sucesso são exatamente aqueles que estão impondo sua visão, sem se importar com quem os chamam de loucos. Não seguem modelos consagrados. Não buscam copiar o que outras empresas estão fazendo. Definem novas regras para o jogo e as ensinam para quem quiser jogar. Estabelecem alianças, são cooperativos e buscam reconstruir seus conceitos sobre mercado, fornecedores e clientes, constantemente. A Internet esta cheia de exemplos para os mais incrédulos.
Seja um ativista, um revolucionário! Só assim seremos realmente capazes de buscar saídas onde todas as portas nos parecem trancadas. E lembre-se: o que para a lagarta é o fim do mundo, para nós é a borboleta. E nosso papel não é o de turbinar lagartas, mas sim o criar borboletas.